Michel Temer pede paciência em relação a economia, mas aumenta a sensação de que trocou-se seis por meia dúzia no governo federal

Michel Temer pede paciência em relação a economia, mas aumenta a sensação de que trocou-se seis por meia dúzia no governo federal (Foto: EBC)


    Michel Temer pediu paciência para que a economia se recupere. Disse que vivemos anos de uma política econômica equivocada mas que aos poucos a economia irá retomar o crescimento.

   Primeiro que essa é a cartilha de todo político, colocar a culpa no governo anterior. Obviamente vivemos um período de gastos excessivos com crise econômica, mas apesar de já ter assumido há alguns meses o governo nada fez até agora. Temer está mais apagado do que quando era somente o vice de Dilma.

  Segundo, o impeachment vinha sendo bastante falado e planejado desde o lançamento da cartilha econômica "Uma Ponte para o Futuro", em outubro de 2015. Então o presidente do PMDB assumiu o governo e apenas fez um projeto para um período absurdo de 20 anos e mais nada. Não cortou CCs, FGs e mantém o mesmo nível de gastos do governo anterior.

  Isso sem falar na parte política, já que em pouco tempo teve a queda de seis ministros, mantendo assim um governo tão suspeito quanto o anterior.

  Ao que tudo indica o objetivo de Temer sempre foi chegar ao poder, porém nunca pensou nas consequências que teria ao realizar seu projeto pessoal. Lançou uma cartilha apenas para iludir os empresários e nada mais.

  Tiraram a Dilma e colocaram o Temer, ou seja, trocamos seis por meia dúzia e nada mudou. Tudo de ruim que estava lá continua igual ou até pior.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas