Porque tem cada vez menos brasileiros na Fórmula 1 ?

  Com a despedida de Felipe Massa e a incerteza sobre o futuro de Felipe Nasr a Fórmula 1 pode ficar sem nenhum brasileiro em 2017 e isso é reflexo da falta de interesse dos brasileiros na categoria mais importante do automobilismo.

Brasileiros estão cada vez menos empolgados com a Fórmula 1 (Foto Divulgação)

  Essa falta de interesse tem duas razões, a ausência de brasileiros que empolguem e o alto preço que paga-se para chegar na categoria.
  A primeira e talvez mais importante seja a falta de competitividade dos brasileiros atualmente na Fórmula 1. Hoje em dia temos o alemão Nico Rosberg como um dos pilotos mais competitivos e Nico é da nova geração de alemães que entrou na Fórmula 1 por causa do Schumacher. Na época do Ayrton Senna haviam muitos brasileiros querendo ser que nem o seu ídolo e isso fez com houvesse uma renovação de brasileiros na categoria. Hoje em dia, com uma atuação cada vez mais apagada dos brasileiros não há nada que empolgue e fomente uma nova geração.
  Segundo que a Fórmula 1 se elitizou demais. Nas equipes menores existem casos de pilotos que pagam para correr. Tudo é muito caro desde o começo, pois correr de kart e ser competitivo já requer um aporte financeiro razoável, depois o piloto tem que correr alguns anos nas categorias europeias, o que envolve uma quantidade de dinheiro gigantesca (moradia, alimentação, estrutura), e isso para grande parte dos brasileiros é algo impossível.
  Infelizmente não há nada que indique mudança nesse quadro de inacessibilidade da categoria. E já que estamos no país do futebol, e só, também não veremos tão cedo um brasileiro competitivo por não haver nenhum tipo de incentivo e nem se vislumbrar no horizonte um novo ídolo na Fórmula 1
Postar um comentário

Postagens mais visitadas