Ministro da Saúde diz que “SUS para todos é sonho”

O ministro da saúde, Ricardo Barros, diz que SUS para todos é um sonho (Foto:blogdoserido.com.br)

  O “excepcional” ministro da saúde, Ricardo Barros, disse em entrevista a BBC Brasil que um Sistema Único de Saúde (SUS) que englobe toda a população é “um sonho”. De acordo com o mesmo, existem limitações orçamentárias que impedem que o SUS atenda a todos, por isso o ministério trabalha para criar planos de saúde mais acessíveis.
  A frase já é um desastre por ser dita pelo ministro de um dos países aonde mais paga-se impostos. O que daria a ideia que dinheiro para o governo não falta.
  Segundo que os planos de saúde atuais já são desastrosos, imagina planos com uma cobertura ainda menor para um número maior de pessoas?
  E o principal, criando planos “acessíveis” e diminuindo o leque de atendimento do SUS, o governo exclui a classe média também na área da saúde.
  Não entendeu? Explico
  O que digo é o seguinte, a sociedade brasileira se divide em baixa, média e alta. A baixa tem o apoio dos programas sociais e a alta não precisa do apoio e da estrutura do governo, mas a classe média, que sustenta tudo isso, não tem apoio nenhum. De acordo com a ideia do “excepcional” ministro, a classe média não terá acesso ao SUS, porque o mesmo não tem estrutura para isso por ser dimensionado para as classes mais baixas, e não terá dinheiro, tal qual a classe alta, para independer da estrutura governamental e ter um caríssimo e completo plano de saúde. Resumindo, quem mais paga impostos ficará excluído também na área da Saúde.
  Realmente não tem como essa ideia dar certo. Ela só podia vir de alguém que não depende do SUS.
  Esse Brasil…
Postar um comentário

Postagens mais visitadas