A decadência do poder carioca representada pela imagem de Garotinho saindo da ambulância


Triste espetáculo de Anthony Garotinho saindo do hospital mostra bem a que ponto chegamos (Foto Alexandre Cassiano / Agência O Globo)

  O Rio de Janeiro a tempos vem se tornando parte do folclore nacional devido a decadência, e agora seus governantes presos também vão virar lenda. Ao chegar na prisão alegou estar sentindo dor no peito e teve de ser levado ao hospital. Examinado e com cateterismo marcado para a próxima semana, foi novamente levado para a penitenciária e de lá saiu brigando e gritando;

Me solta, me solta. Eu sou um enfartado. Vocês me respeitem

  Não há ficção no mundo que imaginasse a que ponto chegaríamos. Olha a ridiculosidade desses políticos. 

  Cabral chegou a ter festas e joias, de até 800 mil reais, pagos por um empresário envolvido nos esquemas. Já Garotinho enfrenta a denúncia de compra de votos através de um cartão de assistência à famílias de baixa renda.


  Além de serem ridículos por terem feito isso com dinheiro público, mesmo sendo de classe média alta, ainda por cima ficam fazendo "dramalhões mexicanos". 


  Garotinho foi transferido por ordem da justiça, que acusa o hospital Souza Aguiar de dar privilégios para o ex governador, e o mesmo sair de lá gritando como se fosse uma vítima de um mundo cruel é demais.


  Sei que parece enredo de contos do nosso folclore, mas a que ponto chegou a nossa política. Estamos sendo humilhados dia após dia por figuras que nós colocamos no poder.


  Vai demorar muito para o Brasil mudar...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas