Investimento brasileiro em porto cubano mostra a que ponto o governo chegou em sua falta de planejamento

Dilma constrói porto em Cuba pensando nas exportações, mas não temos portos suficientes para exportar
(imagem/fabiocampana.com.br)


  Hoje a presidente Dilma inaugurou um porto de imensas dimensões em Cuba. Até ai tudo tranquilo, o problema é que 80% do valor gasto na construção veio daqui do Brasil. A presidente diz ter interesse em exportar coisas para Cuba e por isso o investimento se justifica.

  Em um primeiro momento o investimento não é ruim, pois os Estados Unidos  mantém o embargo a Cuba e isso ajudaria o Brasil a exportar para o mercado cubano. O problema começa quando analisamos isso de forma mais ampla.

  Uma das coisas que mais atrapalham nossas exportações é a falta de portos que deem conta da vazão de produtos de exportação. Esse gargalo encarece o valor dos nossos produtos lá fora, diminuindo ainda mais a nossa competitividade. Então como o governo pode investir em um porto de proporções imensas em Cuba e deixar os nossos nesse estado lamentável em que se encontram?

  Sem contar que o dinheiro usado nesse porto cubano vem dos impostos que pagamos todos os dias ao governo, para que investisse em coisas que melhorassem as NOSSAS vidas e não a dos cubanos. Pois os cubanos agora tem um porto imenso que irá lhes ajudar e nós que queremos exportar para Cuba, não termos portos que deem conta de mais essa demanda.

  Isso mostra que o governo, assim como fez com a Copa, age às cegas. Não há planejamento, não há o dia seguinte, não há preocupação com nada. Nem mesmo a preocupação de maquiar as coisas para conseguir votos.

  Será que é porque os eleitores estão cada vez mais cegos e complacentes?

  ACHO QUE SIM !
Postar um comentário

Postagens mais visitadas