Não adianta dar entrevista negando, Roberto Carlos e seus asseclas querem censurar as biografias

Roberto Carlos se diz a favor das biografias, mas censurou a que foi feita sobre ele. (imagem/divulgação)


  Roberto Carlos resolveu dar uma entrevista falando sobre a polêmica em relação as biografias não autorizadas e sua liberação no Brasil. Mas não adianta querer ser o bom moço que não é, foi um dos primeiros a ir na justiça para censurar sua biografia não autorizada e é sim um censor.

  Caetano Veloso e Chico Buarque também fazem parte dessa turma que se dizia contra a censura e hoje a usa para seu próprio bem.

  Roberto Carlos defendeu a liberação desse tipo de biografia desde que haja uma conversa prévia entre o autor e o biografado, o que na prática significa que o alvo da biografia vai determinar o que pode ou não ser publicado, deixando a biografia sem atrativo nenhum.

  Nesse caso a regra é bem clara, só tem biografia não autorizada quem é famoso. E quantos desses artistas fizeram de tudo para serem famosos? TODOS. Ou seja eles sabiam que a fama e o sucesso tinha seu lado bom e ruim, e as biografias não autorizadas fazem parte do lado ruim, MAS FAZEM PARTE!

  Então essa discussão nem era para existir, afinal as biografias não autorizadas são publicadas em todos os países cuja democracia predomina e espero que não seja um pequeno grupo de hipócritas que vá mudar isso no Brasil.

  Digo hipócritas porque a maioria dos que defendem esse ato de censura são aqueles que sempre fizeram questão de aparecer como defensores da luta pela liberdade de imprensa no país.

  HIPÓCRITAS!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas