Fim melancólico da MTV mostra os erros que podem acabar com uma emissora

Fim melancólico da MTV expõe erros e problemas (divulgação)
  Dia 1º de outubro entra no ar a nova "MTV" dessa vez sob o comando da dona mundial da marca a Viacom, nessa nova MTV a programação local terá apenas 1 hora e meia de duração por dia. Já a velha MTV será somente uma lembrança para tantas gerações que assistiram seus programas enquanto a dona do canal no Brasil era a Abril.

  O fim da MTV começou a se anunciar há muitos anos quando a emissora não soube passar de simples retransmissora de clipes para uma emissora voltada ao mundo musical e de suas celebridades.

  A primeira medida que começou a derrubar a emissora foi quando ficou decidido que a mesma iria praticamente deixar de exibir clipes musicais, o que é a marca da MTV pelo mundo. Como pode a Music (Música em português) deixar de exibir clipes de musicas?

  O segundo erro começou quando a emissora não envelheceu com seu público. Foram renovando os VJ's, esquecendo os antigos e nunca dando seguimento aos programas, que depois de 1 ou 2 anos saiam do ar. Como pode a MTV, um canal aberto, não conseguir se manter enquanto o Multishow, na TV paga, consegue não só se manter como ainda criar programas novos e interessantes?

  Além desses erros temos de somar a idiotização dos novos e jovens artistas, cujas entrevistas não interessa a ninguém, e da difusão dos clipes feitos na web. Não precisa esperar o programa de musica da emissora se você pode ver dezenas de vídeos do mesmo artista no Youtube.

  É uma pena que a atual MTV esteja tendo um fim melancólico. Com os VJ's antigos mostrando seus programas que foram sucesso a emissora tenta mostrar que produziu muita coisa boa e que conquistou muitos fãs, pena que não soube segurar o público conquistado.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas