Cancelamento de "Casos de Família" e mudanças no domingo mostram que o SBT está perdido e sem rumo

Silvio faz mudanças e derruba ainda mais o já combalido SBT (imagem/compartilhandosbt.blogspot.com.br)


  Mais uma vez Silvio Santos faz mudanças na programação que podem fazer com que o SBT perca ainda mais anunciantes e audiência em um momento crucial. Primeiro foi a mudança nos horários de domingo. Colocou o "Domingo Legal" até as 13 horas, depois "Eliana e as 17 o "Programa Silvio Santos", depois resolveu cancelar o programa "Casos de Família".

  Tudo errado.

  No domingo mexeu com a "Eliana" que vinha tendo ótimos resultados na audiência no horário em que estava (das 15 às 20), para a faixa das 22 ainda não se sabe se trará de volta os insuportáveis filmes que todo mundo pode baixar na internet ou o Roberto Cabrini que nada tem a ver com os domingos do SBT. Tudo isso por causa das derrotas para o "Domingo Espetacular" da Record, que como sabemos, tende a ter uma queda na audiência depois do fim de "A Fazenda".

  Tirou do ar o "Casos de Família" que em seu primeiro dia à noite teve ótima audiência e repercussão na web. Tudo bem que o programa é barraqueiro, mas para uma emissora que já teve Gugu e sua falsa entrevista com o PCC, não é nada. Afinal o SBT sempre teve sua imagem fortemente ligada ao povão e assim deve continuar, afinal vem dando certo há mais de 30 anos.

  O problema é essa mania do Silvio tratar o SBT como empresa de garagem. A emissora cria seus programas e tem de mantê-los no ar por um tempo, investindo neles. Senão corre o risco de não fidelizar telespectadores nunca, fazendo com que a audiência oscile demais e nunca se estabilize.

  Outra coisa que tem de acabar é o comodismo que toma conta da emissora. Filmes e programas antigos não servem para manter uma emissora sem base. Tem de trabalhar e criar programas novos e inovadores.

  Do contrário seguirá ladeira abaixo rumo ao fundo do poço.

 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas