Incêndio no Mercado Público de Porto Alegre mostra que não aprendemos nada com a boate Kiss

Incêndio de grandes proporções atingiu o Mercado Público de Porto Alegre (Rhian Carlos Berghetti Dantas/divulgação)


  Um incêndio de grande proporções devastou o Mercado Público de Porto Alegre nesta noite de sábado. Entre 30 e 50% do prédio foi destruído pelo fogo e o que ficou evidente mais uma vez foi a incompetência das autoridades em prevenir acidentes como esse.

  Não faz nem 1 ano que mais de duas centenas de pessoas morreram na boate Kiss, em Santa Maria, e as nossas autoridades não aprenderam nada. Pois o jornal Zero Hora já publicou reportagem mostrando que o Plano de Combate a Incêndios do local estava vencido há 6 anos. A prefeitura até estaria contratando uma empresa para fazer isso até que o plano inteiro pudesse ser feito, após demorada licitação, porém absolutamente nada saiu do papel.

 Além disso ficou evidente a falta de estrutura para combater o incêndio. Bombeiros chegaram no local 4 minutos após o telefonema, porém hidrantes sem pressão, caminhões pequenos e mangueiras furadas fizeram com que o fogo se alastrasse com uma rapidez surpreendente. E um posto dos bombeiros que ficava a metros do local foi desativado há algum tempo, piorando ainda mais a situação.

  Até mesmo um bombeiro não identificado desabafou com a reportagem e disse o seguinte;

 — É uma vergonha. Porto Alegre não tem um caminhão bomba com 30 mil litros de água para contornar um incêndio destas proporções. Vai ter de morrer muita gente para isso mudar.

  Fora que outra reportagem de 1 mês atrás, dessa vez no site da Band, mostrou que os extintores estavam vencidos e que a prefeitura estava providenciando a solução. Não se sabe se fez a tempo.

  Desta vez as perdas foram apenas materiais, mas mesmo que pessoas tivessem morrido, nada iria mudar. Isso já aconteceu com a boate Kiss e nada mudou.

  Até quando isso irá continuar?
Postar um comentário

Postagens mais visitadas