Os manifestantes mascarados não me representam e tem de ser presos, para que os outros se destaquem

Minoria de mascarados queimou ônibus da Carris em Porto Alegre. Pra que? (Fabiano do Amaral/Correio do Povo)


  Depois de um imenso dia de protestos pelo Brasil, ficou claro que grande maioria dos manifestantes não estão querendo fazer bagunça, e sim reivindicar direitos e mostrar a sua insatisfação. Porém mais uma vez a destruição causada pelos vândalos mascarados acabou se destacando mais que os momentos pacíficos.

  Não estou falando de máscaras de gás, que em certa hora tornam-se necessárias, estou falando dos que já vão mascarados. Porque a pessoa esconde o rosto? Qual é a sua verdadeira intenção ao esconder a cara?

  Os manifestantes dizem que vão para protestar, e eu acredito. Mas então quem são esses vândalos mascarados?

  Podem ser pessoas infiltradas no movimento para estragar o mesmo. Podem ser pessoas que se aproveitam desses atos de vandalismo para saquear lojas, como aconteceu com a loja de motos "Estação H" em Porto Alegre, e podem ser bandidos que vão bagunçar para que os olhos da polícia fiquem voltados para o protesto e não para outros crimes que acontecem na volta. Tudo é possível.

  Mas quando os manifestantes perceberem que esse tipo de gente acaba com a imagem do protesto e se sobrepõe a mensagem que é para ser passada a população, com certeza irão proibir tais marginais de participar. É o que espero.

  Proibindo o rosto tapado, o vândalo será identificado e preso, como deve ser. Porém a Polícia irá prender aqueles que realmente foram para bagunçar, deixando os outros protestarem tranquilamente. É o que espero da Polícia

  Se os manifestantes "do bem" acabarem com os manifestantes mascarados, tudo tende a melhorar.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas