Roberto Civita morreu, mas "Veja" continuará com suas denúncias, para tristeza dos esquerdistas utópicos

Roberto Civita se foi, mas a "Veja" continuará denunciando os podres independente da ideologia do governo (Marina Piedade/Agência O Globo)


  É de se apavorar a agressividade dos comentários sobre a morte do Roberto Civita, dono da editora Abril, no site do G1. Acusam-no de manipular as notícias, de estar a serviço dos americanos (?) e de ter ajudado a piorar o Brasil. Mas como pode um homem que fez tanto pelo Brasil ser tratado dessa forma? Só podem ser os esquerdistas irracionais do nosso pais falando esse tipo de coisa.

  Roberto Civita era dono da Abril  que veicula a revista "Veja", acusada de manipular as informações que publica, porém se teve uma publicação que denunciou os esquemas de corrupção em todos os últimos governos foi a própria "Veja". A revista denunciou Collor e as suas mazelas, os esquemas de corrupção por trás das privatizações de FHC e o mensalão do governo Lula.

  Então do que estão reclamando? Queria que a revista exaltasse as qualidades do atual governo só porque é esquerdista? Negativo, a revista tem de denunciar o que está podre e não o que tem de bom, pois isso os puxa sacos fazem a exaustão e os próprios governantes exaltam. Além da imprensa chapa-branca que está sempre a postos para defender a "PTzação do Brasil".

  Exemplo clássico de recalque ideológico.

  Agora dizer que está a serviço dos americanos só pode ser feito por alguém que não percebeu que a União Soviética acabou e Cuba está falida. Esses esquerdistas tem de entender que o mundo romântico e utópico que sonhavam acabou, não existe mais. FINDOU-SE. (Apesar que a Coréia do Norte e seus casos de canibalismo humano, devido à fome, estão mantendo vivo o sonho esquerdista e anti-americano).

  Civita fez com que a editora Abril criasse milhares de empregos e gerasse milhões em impostos (que não chegam até a população por culpa de seus "governantizinhos). Também fez com os gibis de Walt Disney chegassem as nossas crianças, que tivéssemos uma revista sobre carros respeitada no mundo inteiro ("Quatro Rodas") e que tenhamos uma revista como a "Veja" que é odiada por todos aqueles que não suportam que seus "governinhos" sejam denunciados e não possam roubar tudo que quiserem.

  Felizmente para o país a "Veja" continuará existindo e denunciando tudo que tiver de podre, independente do "Partidão do Poder", ao contrários dos regimes esquerdista e socialistas que a cada dia que passam se afundam mais e levam consigo seus cegos seguidores.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas