Nova medição do Ibope prejudica SBT e mostra que o instituto tem de mudar seus conceitos

Bozo é um dos programas que saem prejudicados com a decisão do Ibope (divulgação/SBT)


  O SBT anda fazendo reuniões para avaliar o que irá fazer com a sua grade de programação nas manhãs. Tudo isso por causa de uma mudança anunciada pelo Ibope que a partir de então não irá mais considerar crianças de 4 a 10 anos em suas medições, o que prejudica em excesso o SBT pela manhã, já que toda sua programação é formada por desenhos infantis.

  Essa decisão mostra que o Ibope não serve mais para medir a audiência de um pais imenso como o Brasil. Como que vai desconsiderar crianças, que apesar de não terem opinião própria, fazem com que seus país comprem os produtos anunciados durante os desenhos e até assistam tais programas? Os criadores de desenhos tem boa parte de sua renda no licenciamento de seus personagens para a indústria dos brinquedos, se o Ibope não vai mais considerar as crianças na medição as emissoras deixarão de exibir esses produtos por terem se tornado financeiramente inviáveis, já que os patrocinadores não sustentaram mais os programas por não terem as crianças como público alvo.

  Outra coisa que me irrita no ibope é a forma de medir a audiência. Apesar de termos mais de duas dezenas de estados o instituto só leva em conta o estado de São Paulo na divulgação dos números. Claro que é importante ressaltar a audiência do estado para o público e os patrocinadores locais, mas se fizesse isso à parte para quem interessa e medisse a média de audiência em todos os estados com certeza o Brasil teria uma mudança significativa em relação a seus índices de audiência atuais.

  O Brasil não é só a região sudeste!!!!

  Por essas razões que o ibope vem perdendo credibilidade perante os telespectadores. Parece que entrou em uma zona de acomodação da qual não quer sair, prejudicando assim os telespectadores e as emissoras.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas