A "história" das redações do ENEM já passou dos limites

Querer ter a nota revisada na redação do ENEM é malandragem. O edital dizia que isso não era possível (reprodução)


  Mais um Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) que vem cercado de problemas. Só que desta vez o problema está nas notas dadas nas redações e nos alunos que se sentem prejudicados, que tentam a todo custo melhorar sua nota. Mas estão errados ao tentar fazer isso, porque consta no edital, que em tese todos deviam ter lido, que não haveria revisão de notas.

  Todos nós sabemos que não haveria revisão de nota das redações porque esse ano o INEP mudou a forma de correção. Agora são dois avaliadores e caso a diferença nas notas dadas por eles acima de 200 pontos um terceiro irá corrigir a redação para acabar com a dúvida. Em tese todas as redações são revisadas antes da nota ser dada.

  Muitos estudantes dizem que estavam tirando notas melhores em outras redações e no ENEM ficaram com um desempenho abaixo do que vinha apresentando, o que na prática não quer dizer nada, pois um ótimo desempenho em provas anteriores não é sinônimo de bom desempenho na prova em questão.

  O que tem é muita gente querendo recuperar notas na justiça e isso está errado. Os problemas do ENEM são sempre relacionados a logística e a organização, mas na parte da correção nunca houveram maiores problemas. Tentar melhorar sua média na justiça, mesmo o edital dizendo que isso não seria possível, é no minimo falta de caráter.

  E pra variar a nossa justiça não ajuda...

  Mas com certeza isso ainda vai dar muito "pano pra manga".
Postar um comentário

Postagens mais visitadas