Paula Fernandes ganha a primeira batalha contra Leonardo. Mas tem malandragem nessa história

Paula Fernandes ganha primeiro round de batalha contra empresa de Leonardo (reprodução/TV Globo)


   A cantora Paula Fernandes ganhou em primeira instância a ação que movia contra a Talismã Music, empresa que gerencia sua carreira e pertence ao cantor Leonardo. Mas algo não me cheira bem nessa história.

   Na ação a cantora pedi para ter direito à gestão compartilhada de seus contratos. Na prática isso significa que ela participará de todas as negociações envolvendo seus shows e campanhas publicitárias a partir de agora.

   Os problemas começam a surgir quando se questiona a duração do contrato da cantora com a empresa. De acordo com a assessoria da cantora o contrato vai até novembro e de acordo com a empresa até 2014.

  E junto com essa dúvida somam-se outras mais.

  Se o contrato só vai até novembro, porque a cantora entrou com essa ação? Mesmo que vença, essa decisão vale somente a partir de agora. ou seja, somente pro mais 2 meses.

  Porque a cantora questiona agora um contrato que ela tem desde 2008? Será que é porque está ganhando mais dinheiro, ou está sendo influenciada por pessoas de má-fé?

   Ou o que a empresa fez para que Paula tivesse de tomar essa atitude?
 
   Porque só agora depois de 4 anos?
 
   Quem está certo nessa história?

  Talvez as respostas apareçam em breve nos próximos capítulos dessa história.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas