O Brasil perde Hebe Camargo. A única e inigualável rainha da TV brasileira

A única rainha da TV Brasileira. Hebe Camargo (1929 - 2012). (divulgação)


  Morreu aos 83 anos a rainha da TV brasileira, Hebe Camargo. Ela teve uma parada cardiorrespiratória nessa madrugada como consequência da sua batalha contra um câncer desde 2010.

  Hebe só não esteve presente no primeiro dia da TV brasileira, mas depois desse dia ela só se afastou três vezes da televisão. A primeira vez foi à pedido do seu marido na década de 60, a segunda para criar seu filho depois que se divorciou e a última para tratar-se do câncer.

  Tirando esses momentos Hebe e a TV brasileira andaram lado a lado na Tupi, na Record, no SBT e na Rede TV.

  Aliás nessa quinta (27) o SBT havia oficializado a volta da apresentadora à casa aonde ela ficou 26 anos com seu semanal "Hebe".

  A morte de Hebe abala todos os setores artísticos e sociais brasileiros. Pois ela ao longo de 60 anos de carreira teve forte influência em toda a sociedade através de suas opiniões polêmicas e entrevistas marcantes.

  Na década de 90 seu programa deixou de ser ao vivo, por um tempo, devido as suas opiniões dilacerantes sobre políticos da época.

  Polêmica, alegre, risonha e talentosa. Tudo isso junto fez de Hebe Camargo a rainha absoluta da TV brasileira.

  Toda e qualquer apresentadora que surgiu, ou surgir, será mera cópia de Hebe.

  Adeus Hebe, descanse em paz.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas