Os portos brasileiros são um desastre para a economia

Funcionamento dos portos brasileiros é um desastre (imagem/brasilfront.com.br)



   Na segunda o "Jornal da Globo" exibiu uma reportagem mostrando que os portos brasileiros são um gargalo para a economia brasileira por uma série de razões, algumas até inacreditáveis.

   Vamos começar pelo tempo que os navios ficam parados por causa da burocracia. Enquanto o tempo médio no mundo é de 3 dias, no Brasil esse tempo sobe para 5,5 dias. Tudo porque, além da nossa velha burocracia, os órgãos só funcionam em horário comercial, enquanto no resto do mundo funcionam 24 horas.

   Depois temos de voltar ao assunto burocrático. Nos outros países todos os órgãos ligados ao recebimento de cargas atuam de forma conjunta, enquanto no Brasil cada um trabalha por si. Ao invés de fazer as coisas andarem, isso acaba atrasando ainda mais.

   E toda essa demora acaba gerando uma série de custos que são, obviamente repassados ao consumidor, gerando queda nas vendas e aumento da inflação.

  Sem contar que como pode órgãos de importância internacional só funcionarem em horário comercial, se as cargas podem chegar à qualquer momento? Em alguns portos a situação é tão caótica que no horário do almoço o porto simplesmente para.

  Já passou da hora de o governo mudar toda essa estrutura. Seja realizando novos concursos, seja integrando os órgãos responsáveis pelo bom, ou mal, atendimento nos portos.

  De acordo com a reportagem se tudo fosse feito como é no resto do mundo, o tempo que os navios ficam parados cairia para 2,7 dias. Melhor que no resto do mundo.

  Mas até o governo se mexer, continua tudo funcionando mal. Infelizmente.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas