Morte de Sócrates aos 57 anos expõe os perigos do vício no álcool.

Sócrates está visivelmente debilitado. (imagem/folha.com)

  O ídolo corinthiano Sócrates morreu na madrugada de sábado para domingo vítima de uma infecção generalizada. O ex-jogador tinha apenas 57 anos.

  Dois meses e meio depois Sócrates havia voltado para a UTI. Nas duas outras vezes foi por causa de uma hemorragia digestiva causada pelo excesso de álcool ao longo dos anos.

  Isso mostra o quanto o vício pode deixar a pessoa cega. Sócrates era formado em medicina com amplo conhecimento dos males que o álcool pode causar no organismo da pessoa e mesmo assim chegou a situação em que se encontrava. Sócrates estava visivelmente debilitado por causa de um quadro de cirrose, e em suas últimas entrevistas o jogador tinha dificuldade até para falar, nem de longe lembrava um atleta.

  Seu organismo estava tão fraco, que sua mulher e um amigo também passaram mal depois de comerem em uma festa, mas apenas o ex-jogador teve toda essa complicação intestinal.

  O pior de tudo é que não adianta Sócrates ter dado entrevista falando e mostrando os males do álcool. Os jovens estão bebendo cada vez mais, a ponto de um quadro de coma alcoólico ser tratado como algo corriqueiro depois de uma festa.

  Sócrates pagou por seus excessos com a vida. Excessos causado pela cegueira do vício.

  Que pena!

  Informações e foto do site Folha.com
Postar um comentário

Postagens mais visitadas