Governo toma medidas estranhas para evitar caos aéreo. Mas eu mostro a solução.

(imagem/absurdo-brasil.com)
  O governo mudou a distância miníma entre os aviões na hora do pouso para ver se diminui a possibilidade de caos aéreo no final do ano, mas será que vai dar certo?

   É bem provável que não dê certo, pois os maiores problemas estão no solo. Falta de estrutura, de espaço físico, de pessoal, de compromisso das empresas aéreas e desorganização por parte dos órgãos competentes.

   Enquanto não houver investimentos sérios em aeroportos, em equipamentos e punições severas para as empresas aéreas que praticam o overbooking a situação não vai melhorar.

  Outra coisa que as empresas brasileiras poderiam fazer, não para diminuir, e sim para atenuar o caos aéreo era imitar o que uma empresa colombiana fez. Colocar modelos de lingerie para distrair os passageiros enquanto fazem propaganda para as passageiras. O episódio aconteceu em um voo de La Paz até Cochabamba e foi promoção de uma marca de lingerie local.

  Confira as fotos do inusitado desfile;

(imagens/AP)






Postar um comentário

Postagens mais visitadas