Colunista Ale Rocha, mais uma vítima da fila dos transplantes

(imagem Viridiana Brandão)

  Morreu hoje, com apenas 34 anos de idade, o colunista do Yahoo! Ale Rocha. Um dos  maiores críticos de televisão.

  Ale criou o blog "Poltrona" aonde escrevia críticas sensacionais sobre televisão. Seu sucesso foi tamanho que em janeiro de 2010 ele começou a escrever para o portal Yahoo! um blog com o mesmo nome do seu.

  Rocha foi diagnosticado com hipertensão pulmonar (HAP) e desde 2005 esperava por um transplante de pulmão. Depois de 6 anos de espera, Ale conseguiu o transplante há poucas semanas e se recuperava bem até ter uma infecção que acabou matando-o hoje pela manhã.

  Se o organismo de Ale estava muito fraco, para resistir a um transplante de pulmão, após 6 anos de espera não sabemos, mas sabemos que 6 anos é muito tempo para uma pessoas esperar por um transplante.

  É impressionante o número de pessoas que não doam órgãos. Se todos doassem a fila por transplantes seria bem menor. O problema é que só sabe, do sofrimento de esperar um transplante, quem passa por isso, os outros não estão nem ai.

  Tem também os casos da pessoa querer doar os órgãos mas não comunicar a família. Sem autorização da família não é feita a doação.

  Vamos doar órgãos gente. Se aquela pessoa que lhe fazia feliz se foi, dê o órgão para outra pessoa poder fazer outras felizes.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas