Queda no número de novos portadores de AIDS cai, mas não comemore

Número de novos infectados caiu (imagem/biomabreu.blogspot.com)

 O Ministério da Saúde divulgou os dados, relativos a 2010, sobre os casos de AIDS no país e mostrou que houve uma queda no número de novos casos no país. O que nem de longe deve ser comemorado.

  Em 2010 foram mais de 34 mil novos infectados, contra mais de 35 mil em 2009 e o número de óbitos caiu de 18,8 para 17,9.

  Mas não podemos comemorar esses resultados, pois como pode, em pleno século 21, ainda haver mais de 34 mil pessoas que se infectam com uma doença que pode ser facilmente evitada?

  Claro que existem os casos mais complicados, de pessoas que são infectadas em relações estáveis por parceiros infiéis, em transfusões de sangue, mas na maioria dos casos a infecção ocorre pelo não uso da camisinha, algo tão básico.

   E parece que de nada adianta as campanhas que são feitas dia após dia para o uso do preservativo, pois adivinha qual faixa etária mais contrai a doença? Os jovens. Justo os que são mais informadosem relação à doença.

   Os que tem mais de 40 anos podem usar a desculpa de que começaram sua vida sexual antes da disseminação da doença, mas os jovens não tem desculpa. É muita irresponsabilidade.

  Porém a pesquisa também mostrou que aumentou o número de mulheres e de gays infectados pela doença. E assim sendo esses serão o alvo das novas campanhas do Ministério da Saúde.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas