O referendo da Grécia é uma irresponsabilidade.

Referendo grego pode afundar o mundo  (essaseoutras.com.br)
  O governo Grego resolveu, depois de assinar diversos acordos, fazer um referendo para a população decidir se aceita ou não as condições impostas pelo FMI para emprestar dinheiro ao país.

  Essa atitude derrubou as bolsas europeias e trouxe novamente o medo de uma crise mundial, mas havia necessidade disso?

  Não.

  O que o governo grego quis foi tirar de si a responsabilidade pelo país que comanda e colocar essa mesma responsabilidade nas costas do povo, que mal informado e pensando só em si pode fazer um estrago imenso.

  O problema é que as medidas do FMI são muito duras para a população, corte de investimentos, demissão em massa de funcionários públicos, aumento da idade miníma para se aposentar e a população mal acostumada com essas regalias não vai querer que isso se acabe, e ai mora o perigo.

  Pois o que acontecia na Grécia era algo que foge da realidade do mundo atual, governos com muitos funcionários gastam demais, idade miníma para se aposentar muito baixa acaba criando um déficit na previdência devido ao fato da população viver mais, então uma hora vai ter mais gente recebendo do que gente pagando e isso não se sustenta por muito tempo.

  Tudo bem que a população será a mais afetada, mas o problema é que os europeus, em geral, não se deram conta de que o mundo mudou e o dinheiro não é infinito. Reformas são necessárias e obrigatórias e terão que abri mão de algumas coisas.

not1.com.br

  O que assusta o mundo é a certeza de que a população irá dizer não ao pacote de ajuda do FMI, caso o referendo seja realizado, e isso afundaria mais a Grécia, e o resto do mundo por consequência.

  E se isso vier a acontecer, o grande culpado será o governo grego. Pois não podia fazer o referendo depois de ter assinado diversos acordos, isso deixa todo mundo com medo de emprestar dinheiro para a Grécia devido a instabilidade deste governo que toma medidas populistas sem se importar com os acordos assinados.

  Tudo bem que a população tem direito de decidir sobre seu futuro, mas para isso escolheu um governo para lhe representar, e agora esse mesmo governo joga uma grande decisão nas costas do povo.

  Então pra que governo?
Postar um comentário

Postagens mais visitadas