Câmara não aprova novo imposto da saúde

  Por um daqueles milagres que ninguém entende, a Câmara dos Deputados, não aprovou o texto que definia o cálculo para a CSS (Contribuição Social da Saúde) que viria ser igual a antiga CPMF.
 
  Com o placar de 355 contra o projeto e apenas 76 a favor o projeto agora terá que ser revisto e ir de volta para o senado.

  Os partidos da base aliada forma liberados para votar contra o projeto, somente o PT, e sua sede por dinheiro público, orientou seus deputados pelo voto favorável ao imposto.

  Na verdade o resultado foi bom para nós mas a intenção foi a de evitar um desagaste para os deputados, eles estão de olho no seu voto. Fique esperto!

  Informações e foto do site da Revista Época.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas