Cuiabá e o transporte público

  Cuiabá, capital do Mato Grosso, irá utilizar com grande meio de transporte para a Copa o VLT ( Veículo Leve sobre Trilhos ).

  A indecisão do governo estava entre o VLT e BRT ( Bus Rapid Transit ) principalmente devido ao custos de cada um. Pois no BRT eles só teriam que criar os corredores e comprar os ônibus bi-articulados o que gastaria pouco mais de 400 milhões, já no VLT a despesa sairá por 1,1 bilhão. sem contar que essa é uma obra voltada para a copa de 2014.
O que derrubou o BRT foi o custo de manutenção e o tempo de vida útil.

  Sem sombra de dúvida a escolha foi a melhor, pois o VLT carrega muito mais gente, polui menos, dura até 30 anos e diminui a burocracia. Já nos BRTs é necessária uma área maior de desapropriações, continua poluindo o ambiente, carrega menos pessoas e duram até 7 anos no máximo.
  Agora é só esperar para ver se essa obra vai sair mesmo.
  Enquanto isso assista um vídeo mostrando como são os VLTs;

Postar um comentário

Postagens mais visitadas